12.4.09

Abro os olhos
a água traz desenhos que desenhámos,
pele lisa ainda
- julgava-os delidos

O mar guardou-os
está a pôr as pétalas no pé donde,
bem-me-quer-mal-me-quer,
em anos verdes,
as fomos soprando em desenhos de abandono

Se fosse de pôr flores no cabelo,
amantes,

íamos recolhê-las
bem me quer,
- e éramos luz,

lágrimas orvalho brilho nos olhos
- e tu no agasalho das minhas pálpebras



12 comentários:

Amélia disse...

Gosto, Zef.E é uma boa prenda de Páscoa.Beijos

Anónimo disse...

Tenho saudades vossas. Gab

fernanda s.m. disse...

Zef, tenho andado arredada, mas, ainda que já tarde, venho desejar uma boa pàscoa ! Deixei uma explicação na "estrela-da-madrugada" e também no "matebarco".

Quanto ao muito e belo aqui publicado, virei mais tarde, de mansinho, ler com mais vagar para melhor fruir.
Abraço grande !

Lis disse...

Tem de publicar estes textos, Zef!

Tem mesmo!

Meg disse...

Zef,

Liiiiinnndo!!! Estou simplesmente maravilhada com estas pérolas com que nos brindas
E se eu te "roubar" este poema?

Um abraço

Anónimo disse...

Sim, se fosse de escrever, era assim nesta música que gostaria de me aninhar...
beijinhos Zef
ana assunção

rendadebilros disse...

Uma palavra a mais e desafina-se esta música... assim, não digo mais nada.
Abraço.

zef disse...

Amélia, isto uma reescrita.
Aceitou a prenda: beijos.

Gab., catraia miúda, mas é bom ter saudades...
Beijinhos

Sim, Fernanda, obrigado pelos desejos de boa Páscoa (está a ver como também ando lento...) e, claro, pelas visitas, calmas como o tempo quer.
Abraços

Lis, quando for grande, penso nisso... :)
Beijinhos

Meg, não precisas "roubar": gostas, ja é teu...
Um abraço

Ana, viva a música e o calor dela.
E das palavras também. E da gente amiga.
Beijinhos

Renda, "au contraire", as suas palavras são sempre de música.
Um abraço

rendadebilros disse...

Já sei que perguntou por mim... não houve encontro... não faltará oportunidade, espero!
Bom fim de semana.

jorge vicente disse...

e o poema: no agasalho dos meus dedos.

um belíssimo poema, zeferino.

um grande abraço
jorge vicente

zef disse...

Renda, mas diga quando vier ao nosso povo.
Um abraço

zef disse...

Obrigado, Jorge, pelas suas palavras
Grande abraço