31.12.09

Os olhos têm sono:
abriram-se, na manhã lúcida, e viram muito.
Moeram trigo e algum pão foi bonito e gostoso.

Os olhos vão cansados, na espera da noite,
que há-de chegar com elegância,
cheirosa,
levezinha, pão no outono.

8 comentários:

fernanda s.m. disse...

Ai, os olhos cansados ! são os que melhor vêem na noite...
Bom amanhã, Zef, para si e todos os seus. Um amanhã que dure um ano !
Abraços

rita disse...

Bom ano, queridos amigos e votos de que seja neste que irás despreguiçar e editar o livro que falta.
Por cá vos esperamos, quem sabe com melhor sapato... :-))
beijinhos

Amélia disse...

Gosto mesmo da sua escrita, amigo Zef-Comprovei-o de novo.Um abraço

rendadebilros disse...

Assim se começa o ano, com a beleza nas palavras...apesar do frio e do cinzento lá fora...
Feliz ano 2010...
Beijos.

zef disse...

Fernanda, vamos pondo os dias que sejam bons a andar devagar...
Um abraço

zef disse...

Rita, bendita é a preguiça e minha fiel amante...
Havemos de aparecer e...sapatos há muitos.
Trata bem, como sabes, os meninos e meninas da escolinha.
Beijinhos

zef disse...

Amélia amiga, sabe que as suas palavras...
Beijinhos

zef disse...

Renda, obrigado.
Se não fossem as palavras, nem o frio era bonito...
Beijos. Que nessa terra mui alta se passe bem.