20.6.08


Dormi e acordei cedo
a romãzeira estava em botão

Adormeci e acordei tarde
a romãzeira dormia

Inda fui pelos pássaros, mas já era noite.

8 comentários:

Amélia disse...

E que linda está essa romãzeira!

rendadebilros disse...

A romãzeira está uma delícia... os pássaros voltam amanhã de manhãzinha...e o amigo dá-nos esta soberba amostra de um senit profundo das coissa...
Bom domingo!

rendadebilros disse...

sentir e coisas ... as pressas não dão nunca bom resultado nem a teclar!

Sophiamar disse...

Acordar cedo é a única forma de apreciar a natureza em todo o seu esplendor. Será por isso que sou madrugadora? Sempre o fui e o contacto com a terra é-me indispensável. Sou serrana!Lá a romãzeira é serôdia ( tardia) na floração.
Beijinhos amigos

Anónimo disse...

Horas trocadas?

Estou em licença sem vencimento
:-D do blog. Mas venho cá de borla e até pago, se for preciso.

Um beijinho e obrigada.

Lis

Morfeu disse...

...debaixo da romazeira aqui fica a sombra de uma visita...
Morfeu

Anónimo disse...

Ciclos...
e a esperança de ver um fruto que saia à flor e ao botão.
Beijinhos
ana assunção

zef disse...

Amélia, linda, mesmo assim entre o que já não é e aquilo que ainda não sabe ter?
Um abraço

Renda, voltam, isso é que voltam...embora não tenham pressa!

Sophiamar, a romãzeira, mesmo serôdia na floração, é a minha árvore. Ensina-me a espera...

OláLis(ainda vale tratá-la assim?)!
Venha e sem paga. Eu até nem pago nada: só vou aonde quero. Faça o mesmo.
(Mas olhe que gosto de quem tem algumas manias...)
Um beijinho.

Boa sombra, Morfeu!
Aquela "oração beneditina"!

Ana, já devia saber, eu, que os frutos são o que querem, eles, ser. O que nós queremos ainda são só as flores e nada mau.
Beijinhos