21.12.12

Conversitas

Todos os dias fazes uma casa nova

Variação

É veloz o teu olhar vento na vidraça.

Vou onde vai o vento entro e saio varro as casas
sou o sol e a chuva, dizias.

Levas para fora e para dentro os desenhos todos
qualquer sítio é a casa perfeita, era o meu sorriso

4 comentários:

Rui Antunes disse...


"(...) You raise up your head
And you ask, "Is this where it is ?"
And somebody points to you and says
"It's his"
And you says, "What's mine ?"
And somebody else says, "Where what is ?"
And you say, "Oh my God
Am I here all alone ?"(...)" (Bob Dylan, Ballad of a thin Man)
Aqui, ao Sol das Romãs, há companhia. E é boa, sempre tão boa, uma conversita a sério, mesmo e ainda mais se brincada
Abraço, Zef

zef disse...

Pois é, Rui, é bom a gente ficar criança que brinca sempre muito a sério!
Um abraço

rita disse...

Tão bonito, Zef.
Beijinhos de bom ano :)

zef disse...

Obrigado, Rita.
Bons dias também, os do ano todo.
Beijinhos