20.4.08

Girassol


O casulo da larva recebe a morrinha e o sol em silêncio igual. Vai ser voo e cor, visita da luz e das flores.

O coração conhece os cheiros e as cores e não se perde nos caminhos.

Aquele que acredita no girassol não meditará dentro de casa.
(René Char)

Assim de madrugada, noite já cor de borboleta, sê casulo ainda que de borboleta nocturna e só de uma manhã.

9 comentários:

rendadebilros disse...

Aquela terra negra e dura ... tão agreste para flores tão delicadas, na verdade! ... são amores-perfeitos... um tanto esfarrapados da chuva...
Abraço.

Sophiamar disse...

"O cora�o conhece os cheiros e as cores e n�o se perde nos caminhos."

O cora�o tem o dom de tudo conhecer.

Mas h� caminhos que o levam � perdi�o.

Beijinhosss

Lis disse...

Fiquei algum tempo a ler... Que bonito!
E por hora fico a meditar.
Até logo.

Sophiamar disse...

" O casulo de larva vai ser voo e cor..."

� verdade amigo, a mariposa vai voar em liberdade. Voemos n�s tamb�m.

Beijinhos

zef disse...

Pois é, Renda, la na sua "Conversa" que confusão arranjei: confundir amores perfeitos com violetas! Fui levado pelo azul...Mas aquele chão...
Um abraço e bom tempo por aí.

Sophiamar, vou acreditando que, com coração atento...
Beijos

OlaLis. Gostou mesmo?
Beijos

soledade disse...

Que bem que aqui fica o girassol de Char! Que bem que soa esta serena afirmação solar. Ou do voo, do élan para a plenitude!
Um beijinho

zef disse...

Soledade, é fecunda "A Religião do Girassol", embora pecador me confesse!...
E que bem que aqui ficaram, por causa das suas, as minhas palavras! :)
Beijinho

Lis disse...

Gostei mesmo.É daqueles de trazer rente ao peito.

zef disse...

Então, Lis, assim seja e estou contente.